sábado, 13 de maio de 2017

Bruno pode ir para prisão domiciliar em 15 dias e voltar a jogar.

fonte:otempo.
Advogado do goleiro pediu à Justiça nesta semana a progressão de regime de cumprimento de penaPreso na penitenciária de Varginha, no Sul de Minas, desde a noite do dia 28 de abril, o goleiro Bruno Fernandes pode ir para a prisão domiciliar em até 15 dias, o que possibilitaria a ele voltar a jogar pelo Boa Esporte ainda neste mês. O pedido de progressão de regime foi feito nesta semana pela defesa do jogador e será avaliado pelo juiz Oilson Hoffman, da 1ª Vara Criminal do município.
De acordo com o advogado Lúcio Adolfo, como em Varginha não há regime semiaberto com pernoite na unidade, Bruno vai cumprir a pena em prisão domiciliar caso o juiz da comarca aprove o seu pedido. “Se for concedido o benefício, isso significa que o Bruno vai ter liberdade para voltar a trabalhar. Estou otimista que isso aconteça”, ressaltou. Preso em 2010 e condenado pela Justiça em 2013 a 22 anos e três meses de prisão pela morte de Eliza Samúdio, Bruno deixou a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, no dia 24 de fevereiro deste ano depois de receber um habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Blog São Tomé na Mídia.
Lhe Informando Melhor.


EmoticonEmoticon

Arquivo do blog